quinta-feira, 23 de abril de 2009

Na traaaaavee!


Eu nunca apostei em jogo de bicho, quer dizer, eu nunca apostei em jogo de bicho em pról de mim mesmo. Fazia jogo para vizinhos, amigos e familiares. Eu tenho um tio que é viciado em fazer jogos de bicho, ele adora e é um hobby pra ele.
Outro dia eu tive um sonho bem estranho, eu sonhei que um leão enfurecido fugia da jaula e corria atrás de mim e de uma outra pessoa que estava comigo, quando um bicho feroz desse corre pra te atacar, vai correr pra quê? Para tentar fugir? Ora, ele é muito mais sagaz que você. Mas, por outro lado... Vai ficar parado pra quê? Pra trocar uma ideia firmeza com o felino e quem sabe ele te poupar de ser comida?
Só sei que no sonho eu corri, mas depois parei de correr, e o leão parou também e ficou me espreitando.. me espreitrando como um gato espreita um rato!
Já viram um gato matar um rato? gato é um bicho cínico e o rato é um bicho esperto, quando o rato tem a má sorte de cair nas garras de um gato já foi. O gato não mata o rato de imediato, ele brinca com ele como se fosse um novelo de lã até o pobre morrer de exaustão, e você acha que ele come o rato? não come não, deixa lá no canto. Mas que preconceito barato esse que o gato caça o rato, não?
O leão ficou numas de jogo do siso comigo, aguardando meu próximo passo. Bem, aí eu acordei. Mas me deu uma raiva... detesto acordar no meio de um sonho.
Eu tenho uma tática que é batata, sempre dar certo. É o seguinte; quando vocês tiverem num sonho gostoso e de repente acordarem, vocês repitam 3 vezes em voz alta: Eu me recordo, eu me recordo, eu me recordo. E volta a dormir.
Não sei porque eu sonhei com leões, não sou muito de sonhar com animais. Ah, talvez seja porque eu assitir uma reportagem em que a Renata Ceribelli estava sendo atacada por leões e por pouco não perdeu a vida. Talvez tenha sido isso que me impressionou. Assim como você vai a um cortejo fúnebre e dar uma espiada no sorriso debochado do defunto, esteja certo; esse mesmo sorriso irá lhe visitar mais tarde, em sonhos. Mas como eu não sou de sonhar com animais eu fiquei escasquetado e resolvir jogar no bicho, apostei algumas merrecas que eu tinha sobrando no grupo do leão. E, mais tarde peguei no sono olhando o quadro da pantera nebulosa que tenho no meu quarto.
Hoje pela manhã, quando fui ver o resultado do jogo, advinha o que é que deu? Tigre na cabeça!
E quando eu estava fazendo o jogo eu ainda pensei: "Porra, será que o bicho do meu sonho não era tigre? eu não tô muito certo não... Bom. Vai leão mesmo, só não pode dar tigre."
E o bicheiro:
"Pois deu tigre, meu garoto! Aí ó no quadro, deu tigre e carneiro! Ha ha ha, até tem nexo, o tigre correndo atrás do carneiro!"
Se eu soubesse interpretar sonhos como a Neidinha, eu até poderia chegar a conclusão de que eu seria o carneiro. Ah, como era boa nossa empregada...

Um comentário:

Guilherme disse...

hahaha, no fim das contas, conte lá no meu blog a resposta: voce comia a neide então, malandro?