quarta-feira, 23 de abril de 2008

Se joga!


Eu gosto, entre outras coisas, até acho uma graça genial a idéia de um salto ornamental no ato de um suicídio, se for para morrer, que morra em grande estilo, eu quero morrer e ao morrer me agarrar o quanto puder ao meu deboche, (esse sim foi meu companheiro inseparável)
E isso é um sentimento involuntariamente egoísta, como tudo que parece meu,
é que nem fluido, suor, exala por partículas, situações pequenas em dia de calor,
Eu nunca conheci ninguém que tenha se enfeitado para morrer, do tipo, caprichar no batom no tom mais alegre, pintando a boca larga que sorri à prestações, mostrando seus dentes brancos como cocaína chinesa.

bem que eu gostaria de conhecer,
Comigo seria assim.
Se um dia eu pensasse em morrer.

Um comentário:

Lady disse...

Seu blog agora é pen drive!

Quanto a morte, prefiro morrer sabendo que vou, do que assim, de surpresa.