terça-feira, 1 de abril de 2008

O Planejado.

Me dano por não dar certo o planejado.
o planejado de ter ver
e assim morrer mais um dia
como um batom que vai perdendo a cor
nos lábios das mulheres pilantras
e tão pouco desejáveis pelas mulheres
dos marido cafagestes.
Tão tolos como meu pai, que bebericou agua de menstruação e se coziu.
Como o amor acorrentado numa atitude de higiene escassa
coisa de gente porca, que não sabe amar, que não sabe jogar limpo.
Coisa de quem não é semideus,
oh
e de quem não é tratado como eu.
Me dano pelo planejado que não vingou,
e a promessa que deu certo.
Como se hoje eu fosse morrer e te ver fosse um bálsamo
uma nescessidade fisiológica que não dá pra segurar.
Um carinho, uma migalha que eu seguro com as duas mãos para não correr o risco de cair
e eu ter de pegar do chão,
numa deselegância coerente daqueles que pensam que o que não mata
engorda.
O planejado era te ver,
e os dois ônibus passar levando a passageira que é a ultima que morre.
E eu corri esbaforido, quase cair machucando meu joelho. (a rasteira do conhaque.)

Com os meus passos que criavam musicas,
como um original aspirante a percussionista,
inventando sons em seu banjo,
ofegando paixões em forma de suor, e os olhos cheios de ânsia,
o sacrificio que não é de brincadeira, e a verdade que não vale o esforço.
Parei. Partir.
Oferta e demanda são as mesmas coisas.
E o ato politico de ser generoso só funciona com o suborno.
e suborno é como dar carinho, ajudar em algo, ser legal.
o primeiro grande amor, vem com a primeira corrupção.
Desolado ouvindo o batuque do meu passo
inspirado num pandeiro, desenhei um compasso e criei uma melodia
quando passaram mais dois ônibus que eu poderia ter pego se me diciplinasse.
e corri, ainda podendo ver passar mais dois ônibus.
De dois em dois, eu fico mais um.
O planejado não vingou, e eu queria ter você hoje, com qualquer humor
sempre perguntando por outros...



De você
as migalhas que recebo.
por gratidão.

Um comentário:

Joao Gabriel disse...

Sabe quando você ler algo e fica chocado, achando que ninguêm seria capaz de escrever isso, e quando você descobre que essa coisa que te chocou existe você fica maravilhado assim como estou agora!!!

parabéns bicho

Ps: eu gosto de coisas que me choquem, que me deixe agoniado, seus textos tem tudo isso que procuro.