terça-feira, 1 de setembro de 2009

Alguém aí sabe interpretar sonho?

São 5: 14 da manhã e eu ainda estou acordado, angariando algumas rugas e uma porção de olheiras, tenho 19 anos e já tenho 3 RUGAS na cara, duas de um lado e uma do outro. Fora o enchimento das bolsas debaixo dos meus olhos e tudo mais, o Antônio Fagundes perde.
Acontece que a chuva do crepúsculo ninando no telhado me convidou para domir, e eu só fui acordar às 20 hrs, porque eu sonhei com a Juliette Lewis cantarolando Born Bad no meu ouvido, e essa música agora, desde que eu acordei se repete em minha cabeça como um mantra du mal. Talvez eu bata ela contra a parede.
Nunca vi nada mais babaca do que ser garoto - placar de carneirinhos, eles que se fodam. Eu só queria dormir, não precisa sonhar não, apenas dormir, sem sonhar. Vou visitar os sites pornôs da boca do lixo, dizem que punheta dá sono. Veremos.

Não fiquem com Deus, fiquem com Juliete Lewis e essa música que não sai dessa minha cabeça dura de Malory Knox.



Born bad is such a sin
I guess i'm born naturally born... born bad.

Um comentário:

Guilherme disse...

Cahr-hrah-lhoh

Ô Dom, essa mocinha mandou muuito bem. Eu tenho aqui comigo que você "e-ja-cu-lou" à noite e, precisamente pela empolgação de um vácuo nos seus meridianos, é que você acordou na madruga.

Veja bem, meu nobre amigo psicanalisado. Creio que seu sonho é a chave para a felicidade da humanidade.
E, mais, se do seu sonho essa música fosse conectada a todos os auto-falantes do planeta - e estes fossem ligados ao mesmo tempo e n mesmo dia - haha, dom neon, aí sim estaríamos a um passo da felicidade.

Eis um contraste, não é? A felicidade nascerá de um contraste original assim e durará pelo menos algum tempo.

Taí seu sonho em linhas gerais.sdhjlkhsdgdfg

um abraço.