domingo, 18 de maio de 2008

Três certezas eu tenho.

Na dor somos indistintos, como folhas de grama.
Das brigas que nascem de estrumes, eu colho rosa.
Eu tenho amigos, graças a Deus.

2 comentários:

amanda disse...

Dom, vi teu link do blog de Juka e depois de tanto ler as tuas histórias, finalmente achei coragem suficiente pra comentar.

você é um gênio!
escreve tão intensamente,
consegue transformar até uma briga num conto cheio de emoções...
gostei muito do blog, de verdade :D

Nefertiti disse...

"Eu tenho amigos, graças a Deus."

Ele tem amigos e um amor. Eu beibe.
Te amo gênio portento.